Teia de intrigas

"A fez isso sem a autorização de B, que foi manipulado por C para conseguir D, que era exatamente o que E queria alcançar em vez de D."

Parece confuso? Multiplique isso por 10, 100, 1.000 e coloque o resultado nos corredores e nas salas das empresas, associações, grupos, etc.

O que fazer? Como evitar que pessoas comecem a se enroscar em teias de intrigas, mal-entendidos, suposições e precipitações?

Algumas sugestões:

1- Uso contínuo da verdade. Falar e manter a verdade. Isso é difícil para quem tem como prática a manipulação da verdade ou que aprendeu a se beneficiar de situações confusas;

2- Posicionamento. As pessoas têm que se posicionar. Isso é difícil para quem não consegue ou procura não discordar com ninguém, mesmo quando isso é necessário. Lembrando, sempre podemos discordar com grande respeito, mostrando o que achamos e agregando valor à compreensão dos contextos. Aliás, a motivação para a discussão e discordância é uma habilidade de líderes preocupados em aperfeiçoar como trabalham;

3- Comunicação direta. Não podem existir intermediários nas comunicações. "Fulano disse que.." deveria ser suprimido das relações pessoais e profissionais...

4- Atenção aos níveis. Não devem ser criados nem aceitos níveis "informais e diferentes" entre pessoas que efetivamente estejam num mesmo nível (isso é típico de chefias que delegam para não se exporem, originando problemas e insatisfações em suas próprias equipes..). Não reconhecer a autoridade de quem não tem autoridade é uma qualidade - e não um defeito...

5- Não subestimar a inteligência e o bom propósito dos outros. O que é isso que faz com que os propósitos sejam questionados antes mesmo de serem entendidos? Não se vê que assim estaremos sufocando criatividade, trabalho, fidelidade e comprometimento das pessoas?

O que deveria ser o mais fácil e o mais intuitivo ("trate o outro como gostaria de ser tratado") se torna o mais difícil no dia-a-dia e, principalmente, em situações de alto "stress" e cobrança. Nessas horas, a "caça às bruxas" ainda é um recurso comumente utilizado para "justificar" os problemas e resultados. Nessas horas, infelizmente, é grande a chance da teia de intrigas se expandir rapidamente e encobrir a verdade e a realidade...

Comentários

Postar um comentário