Brasil é sexto

O Banco Mundial liberou há 2 dias os resultados preliminares da mais recente comparação entre as economias dos países e o Brasil aparece como a 6a. maior economia mundial (junto com a Grã-Bretanha, França, Rússia e Itália, cada um com 3% do PIB global). A profecia do poder econômico dos BRICs (Brasil, Rússia, Índia e China) vai se confirmando: os 4 países já estão entre as maiores economias do mundo hoje - e a tendência é que galguem mais posições nos próximos anos.
Software, nosso setor, está diretamente relacionado a crescimento econômico. Segundo Alan Greenspan, ex-presidente do Federal Reserve, “quanto menores forem os investimentos em tecnologia, mais lento é o avanço da produtividade.” Portanto.. quanto maior a oferta de produtos e serviços de software especializados, focados, sofisticados por um lado e simplificados por outro, que ajudem os setores produtivos da economia brasileira a ter mais produtividade, melhor e mais rapidamente poderemos subir em estudos internacionais comparativos como este do Banco Mundial (mais sobre o estudo em http://siteresources.worldbank.org/ICPINT/Resources/ICPreportprelim.pdf).

Comentários