Falando em nome de quem?

"Já falei isso com ela. Ela está de acordo.."

O que seria uma simples comunicação pode ser uma tentativa de manipulação, se quem está falando está aproveitando do fato de que "ela" não está alí na hora para se pronunciar.

"Não, não falamos sobre isso. Não concordo com isso."

Essa talvez fosse a resposta que você teria quando entrasse em contato com "ela" para se certificar da veracidade do que está sendo dito pela pessoa que está à sua frente.

Moral da história: Certifique-se sempre que alguém usa o nome de outra pessoa para tentar forçar você a fazer algo fora dos padrões ou condições estabelecidas. "Entre em contato com a pessoa cujo nome está sendo usado" para confirmar o que está sendo dito.

Comentários