Inútil eficiência

"Com certeza não há nada mais inútil do que fazer com grande eficiência o que não deveria ser feito."

Possivelmente você já dependeu de alguém muito ocupado(a) que não tinha tempo para atendê-lo ou dar velocidade ao trabalho porque... fazia com grande eficiência o que não deveria ser feito... Talvez algum associado seu seja assim, talvez você mesmo seja assim (será que vai se auto-reconhecer?)..

O custo de não vender, para nós vendedores e para as nossas empresas, é muito alto, chega a ser proibitivo. O segundo melhor vendedor não faz a venda, só o escolhido pelo cliente - que, por sua vez, faz a sua escolha baseado em sua visão de o quanto a oferta é competitiva e da agilidade na ação e reação do vendedor. Não há "tempo" para fazermos eficientemente o que não precisa ser feito..

Pode ficar ainda pior. Pela nossa cultura, crítica e objetividade podem chegar a ser encaradas como descortesias pelos mais sensíveis, e dizer a uma pessoa assim que não faz sentido nem agrega valor o que ele(a) está fazendo com tanta atenção e "eficiência", quando há tanto mais a fazer, é receita certa para suscetibilidades. Perdemos mais tempo aí..

O que fazer então?

Engessar o trabalho das pessoas? Não.. Importante é compartilhar os valores e as prioridades da empresa entre os associados, contínua e constantemente, para que tanto o visionário da empresa, alto escalão, gerência e pessoal operacional possam saber discernir e decidir fazer apenas o que não será inútil !

Sobre a frase? Foi dita e publicada em 1963, mas poderia ter saído da boca de um executivo hoje. Quem falou a frase? Peter Drucker..

Comentários