Competência que transcende

"O belo e o bom se confundem, os dois são muito próximos. E o tipo de beleza que você admira não é necessariamente o tipo com o qual você quer conviver. Você convive com a beleza que transcende." Quem está falando é Ivo Pitanguy.

Fazendo uma analogia, vejo que a competência e a capacidade de bem se relacionar são muito próximos no ambiente de trabalho. E queremos, sim, conviver com a competência que transcende.

Como ela é? Ela é...
  • presente, mas não se impõe;
  • simplifica, não complica;
  • influi positivamente para o ambiente da empresa, não o limita;
  • e, principalmente, melhora a produtividade e a alegria da equipe, além daquela de apenas uma pessoa..

Comentários