Para comunicar, é preciso entender...

"Certifique-se de que quem escreve realmente entende o seu negócio."

No artigo "Why is Business Writing So Awful", Jason Fried fala sobre a dificuldade das empresas em colocarem na escrita o que têem de diferencial, o que oferecem de valor para os seus clientes. Já falamos sobre isso aqui. Os exemplos do artigo de Fried são de outros setores, mas, também no nosso, todos têem como "causa" o que chamo de argumento "fofo". "Fofo" é o que não é concreto, é o que não é consistente. Fofo é o blá-blá-blá que não traduz o valor do serviço que prestamos aos nossos clientes, é o jargão que tenta impressionar, mas não é capaz de "comunicar".. muito menos de "demonstrar"...

Para "comunicar", quem envia uma mensagem tem que, primeiro, "entender" quem vai receber a mensagem. Entendidas as preocupações, motivações e prioridades que ele tem, ficará certamente mais fácil "demonstrar" o valor do que temos a oferecer para ele..

Comentários