"É hora de vender o Brasil"

"Olimpíadas Militares em 2011. Em 2013, Copa das Confederações. Copa do Mundo em 2014. Em 2015, Copa América. Jogos Olímpicos e Paraolímpicos em 2016. O setor turístico do Brasil vai pegar carona no esporte para alcançar os maiores índices da história" (mais aqui).

E o setor de software "brasileiro"? Como pode aproveitar muito bem essa oportunidade única e seguida em que o mundo estará nos olhando (o mundo, nossos estados e nossas cidades...)?

Agora é a hora de começar a olhar para as oportunidades que esses eventos esportivos, e seus efeitos em muitos segmentos econômicos nacionais, trarão. Que necessidades prementes requererão automação (automação básica, mediana e sofisticada)? Já que certificações andam de mãos dadas com automação, que segmentos precisarão ter certificação? Que prazos a cumprir demandarão automação? Que inovações poderão ser novos "hits"?

Que gargalos poderão ser eliminados ou minimizados com automação? Que setores mais precisarão de automação? Que valores adicionados poderemos criar com software?

As possibilidades são inúmeras.. Partindo das suas competências e dos espaços vazios deixados pela concorrência, mapeie e confirme problemas e necessidades com clientes potenciais, defina seu público-alvo e se posicione.. Defina seus canais de venda, seu marketing e comunicação, e prospecte, contactando o cliente e compartilhando o conhecimento da venda com seus companheiros de equipe. Isto é Engenharia de Vendas para Empresas de Software. Esta é uma chance muito, muito boa de virmos a ser campeões!

Comentários