Como anda a sua sorte?

Não tem jeito. Preparação, conhecimento e foco, além de autonomia, são fundamentais para o sucesso de um vendedor de software. Mas há um outro elemento, aleatório, que alguns têm mais do que outros: sorte.

Falar sobre sorte em trabalho parece brincadeira, mas não é. Trabalhamos com informações incompletas, em contextos às vezes não totalmente conhecidos, e a sorte pode significar os pulos que precisamos dar para chegar mais rapidamente a onde queremos chegar.

Mas ela não chega à toa. A sorte chega por quem está atento a ela, para quem está atento a espaços não tomados de oportunidades, a conexões e transformações ainda não executadas por outros. Nessas horas, deixar incubar as idéias e os pensamentos (tanto os seus, como os dos seus clientes..) pode ser a melhor atitude. A decisão sempre chega depois de um período de incubação de idéias.. e a sorte pode ser a sua causa..

A sorte porém não chega a quem reclama, a quem subestima a si e aos outros, a quem espera inativo, a quem não gosta do que faz (nem do que ele próprio é..).. A sorte gosta de sorte. Talvez seja por isso que ela prefira os que sabem reconhecê-la..

Abra o olho, abra a mente, abra a sua porta para a sorte.. Se a ela se somarem as qualidades de uma boa pessoa e de um bom profissional, mais sorte estará em seu caminho..

Comentários