Somos coletivos unitários

Cada um de nós é uma unidade coletiva. Cada um vive sob a influência contínua de pessoas variadas que contribuem (mais até do que gostaríamos de admitir) na nossa formação, humor, decisões e ações. Somos todos independentes dependentes..

E, por sermos independentes dependentes, tudo o que fazemos é resultado da nossa interação entre como somos, pensamos e agimos e as contribuições das várias pessoas que nos rodeiam (fisicamente e virtualmente). Em contrapartida, como somos, falamos e fazemos também influenciam e geram consequências nessas pessoas.

Essa troca de influências recíprocas transcorre pacificamente na maior parte do tempo das nossas histórias. Mas há vários momentos em que rompemos, não prosseguimos o ontem no amanhã, mudamos! Muitas vezes esse "click", esse momento da mudança que parece acontecer em 1 segundo, acontece sem aviso consciente, embora depois vejamos como ele foi maturando até brotar repentinamente!

Se assimilar a mudança é difícil (mas libertador!) para quem muda, ela é ainda mais difícil para quem não muda e está ao nosso redor. Se rompemos com algo, isso gera desconforto em quem ainda não rompeu. A libertação de um gera o enfrentamento de outros. Incompreensão, caos.. Por que precisamos (uns mais, outros menos) tanto da conformidade recíproca?

Toda construção é substituída com a destruição. A aproximação de hoje gera o afastamento de amanhã. E vice-versa... A vida é cíclica. E única, individual. Não esqueçamos: na verdade, cada um de nós é um coletivo unitário...

Comentários

  1. Amei o texto. Você sabe colocar vida em sua escrita. Parabéns!
    Lourdes

    ResponderExcluir

Postar um comentário