Muita gente lhe dizendo o que fazer?

4 pessoas num carro e todas falando ao motorista por onde ir. Detalhe: nenhuma tinha um mapa na mão nem conhecia o caminho para o destino. Nem mesmo o motorista..

Esta foi uma situação inusitada que passei na semana passada. Como um motorista, responsável pelo transporte, pode desconhecer o seu trajeto, não sei. Algo inimaginável.. Mas foi o que aconteceu. O motorista contratado não sabia nem chegar no destino final nem sair de lá para voltar ao ponto de partida. Antecipássemos isso, teríamos nos precavido (Google Maps impresso!), já que não havia acesso à Internet na estrada em que estávamos...

Se há tempo, com bom humor e paciência tudo se resolve (os mal humorados e impacientes sofrem mais..) e, depois de várias tentativas, chegamos e voltamos. Mas os palpites e erros de percurso me fizeram lembrar de algumas situações empresariais. A mais direta analogia? Se muita gente lhe diz o que fazer, provavelmente você não está mostrando que sabe o seu caminho.

"Como? Como posso ser o responsável por tanta gente querer se meter em como trabalho e o que faço?", você pode pensar. Lembra do motorista desta minha viagem na semana passada? Tivesse ele sabido do caminho para o nosso destino e retorno, ele não teria ouvido tantos palpites e orientações (certas e erradas...) de quem ele estava transportando. Tivesse ele sabido como chegar onde queríamos chegar, nossa viagem teria sido muito mais tranquila e teríamos tratado de outros assuntos. Mas tal não aconteceu. Vendo que também ele estava perdido, naturalmente todos tentaram ajudar, esquecendo que a competência deveria ser dele. Mas até ele tinha esquecido disso (onde estava a preparação? onde estava o mapa da viagem?)...

Antes de se incomodar com os palpites dos outros, observe-se. Como você está conduzindo "o seu trajeto"? Está preparado? Sabe como chegar onde quer chegar e o que precisa fazer para concluir seu propósito? Se sim, ótimo, quem está à sua volta poderá confiar em você. Se não, fique certo que os palpites dos outros não cessarão. Só cessarão quando finalmente você enxergar que você é responsável pelo seu trajeto/atividade/carreira/sucesso e que você não está sozinho neste caminho. Outros estão com você no mesmo carro/projeto/departamento/empresa/associação, querendo chegar nos seus destinos.

Se você demonstrar que sabe o seu trajeto, eles não precisarão lhe dizer o que fazer, concorda?

Comentários