O conteúdo certo no momento certo para a pessoa certa é essencial em qualquer das 163 técnicas de marketing

O que diferencia o inbound do outbound marketing é a busca (sim ou não) e a permissão (sim ou não) de possíveis futuros clientes ou usuários.

O inbound, marketing de entrada, é uma comunicação da empresa que é feita para ser encontrada por quem faz buscas no Google ("o SEO ou otimização nos engenhos de pesquisa é a maior estratégia do inbound"), redes sociais e demais formatos digitais. No inbound, o retorno dado pelos internautas que compartilham dados, preenchem  formulários, seguem perfis e fazem comentários representa uma permissão para abordagens e recebimento mais customizado de novas comunicações.

No outbound, o cliente ou usuário não fez nem precisa fazer qualquer busca ou pesquisa, ele é exposto a comunicações em massa baseadas na interrupção da sua atenção e independentes da sua permissão.

Inbound e outbound são "técnicas de marketing", 2 entre 163 técnicas de marketing levantadas pelos Splash Copyrighters. 163? Sim! Veja o excelente artigo "Woah: 163 types of marketing described and demystifiedaqui.

Assim como em vendas, especificidade é sempre bem-vinda em marketing e, neste sentido, o inbound gera uma maior especificidade do que o oubound. Mas (... e um grande "mas" é este aqui...) se todo aquele que busca, acha a comunicação da empresa e gera um retorno for considerado cliente potencial e for distribuído à área comercial, a empresa pode perder de vista qual é o seu mercado-alvo prioritário e o seu posicionamento diferenciado. "Um mercado-alvo é um grupo de consumidores identificados como prováveis compradores do produto de uma empresa. A escolha de um mercado-alvo é importante porque permite que a empresa direcione seus recursos para clientes com alto potencial de crescimento de vendas, interesse no produto e lealdade à marca" (Track Maven). A inteligência da venda reside na precisa definição do público-alvo e no posicionamento da empresa depois da identificação de seus pontos fortes, benchmarking e pesquisa com clientes (as primeiras fases da Engenharia de Vendas).

Aceitar os leads do inbound como definição de público-alvo é ficar à mercê da qualificação de quem fizer a busca, o que pode representar um risco. É fundamental ter e ser claro sobre a qualificação do cliente-alvo em toda comunicação para evitar uma massa de dados com baixas oportunidades em relação ao potencial de crescimento de vendas da sua empresa.

Qualquer que seja a técnica da marketing utilizada dentre as 163 técnicas levantadas, criar e distribuir o conteúdo certo no momento certo para a pessoa certa é chave e definir público-alvo e se posicionar para demonstrar valor para quem mais urgentemente precisa é caminho para isso.

Se não for assim, a comunicação continua sendo entretenimento sem comprometimento. E este certamente não é o nosso objetivo. 

Comentários