Nenhuma outra característica pessoal é tão importante para o desenvolvimento humano quanto a autoconfiança

autoconfiança, substantivo : 

  • confiança em si mesmo;
  • sentimento de acreditar em seu próprio potencial, habilidade e valor;
  • sentimento de acreditar em seu próprio julgamento;
  • sentimento de se aceitar como verdadeiramente se é;
  • sentimento essencial para pensar, decidir e agir com maior responsabilidade, energia e determinação.

Nenhuma outra característica pessoal é tão importante para o desenvolvimento humano quanto a autoconfiança. 

Você se considera autoconfiante? 

Uma pessoa autoconfiante é naturalmente capaz de se conectar com os outros. É atenta e mantém boas e longas relações pessoais e profissionais. Trabalha com grande energia e determinação. Responsável e decidida, sabe que pode ir além, fazer mais e melhor. E, é bom que se diga, em nada ela parece com uma pessoa pedante que alardeia habilidades que não possui para maquiar a falta de autoconfiança que a atormenta. 

O que faz alguém ser autoconfiante?

O quanto os pais acreditam/acreditaram no potencial, habilidade, valor e palavra de cada um dos filhos na infância "mapeia" o nível de autoconfiança dos filhos. Características de personalidade, ambientes e pessoas de convivência também influenciam muito, é certo, mas são os pais, ou as pessoas que têm este papel, que fertilizam ou minam a autoconfiança em formação.

Você considera seus pais autoconfiantes?

Quando os pais são autoconfiantes, incentivam nos filhos a acreditarem em si próprios. Sabem que filhos responsavelmente autoconfiantes são o maior legado que podem deixar. Mas quando os pais não são autoconfiantes, eles repetem as palavras, os impedimentos, as limitações e as dependências que viveram quando "eles" eram as crianças em formação - e quanto sofrimento nasceu e continua nascendo daí...  Muito ajuda pedir para ouvir as histórias da infância e juventude dos seus pais. Entenda o que viveram com seus avós e os compreenderá. A compreensão leva à libertação.

Você considera seus filhos autoconfiantes?

Se pai ou mãe, você está seguro que está contribuindo para a autoconfiança responsável dos seus filhos com seu amor, atenção individualizada e confiança? Se deseja ser pai ou mãe, o quanto você assume o compromisso de contribuir para a autoconfiança responsável dos seus futuros filhos, "amando-os e respeitando-os até que a morte os separe"?


Nenhuma outra característica pessoal é tão importante para o desenvolvimento humano quanto a autoconfiança. Entender nossas origens é essencial. "Não importa o que fizeram de ti, importa o que fizeste com o que fizeram de ti", lembra? E o que aqui escrevo serve para ele, ela, você e eu. Que responsável autoconfiança viva e se reproduza por gerações sem fim.

Comentários