O bem que uma oração faz



Oração (em português), oración (em espanhol),  prayer (em inglês), prière (em francês), תְפִלָה (em hebraico), 祈り(em japonês)... A palavra oração vem do Latim orare (falar) e significa a pronúncia de um rito, súplica, prece, um pedido a Deus, a uma divindade, ao universo.

Conscientemente ou não da sua parte, o seu silêncio pode ser uma oração. Lenta e suave, a alternância da inspiração e da expiração acalmam o coração e a razão, alinham você à reflexão.

No rito da respiração e na concentração da mente em uma intenção, o silêncio de uma meditação é certamente uma oração. 

E em movimento? Seria possível entrar na conexão da oração? Sim, seria. Quantas vezes andei, corri e nadei em concentração, com cada passada ou braçada sendo parte de uma plena invocação. 

Quem fala, precisa ouvir - aos outros e a si mesmo, em silêncio. Antes do dia de trabalho começar, da reunião iniciar, do outro lhe atender, do telefone importante atender, mentalize o bem. Segundos assim regeneram você, ele, ela e eu.

Tristeza e alegria, dificuldade e facilidade, problema e solução, noite e dia, frio e calor, os opostos se alternam. Ao sentir que precisa misericórdia pedir, todo ele receberá. Inspiração virá. Sua própria ação, indispensável a seguir, resultará. 

Comentários