Responder o que foi perguntado, descrever o que foi pedido, priorizar e servir ao cliente são hábitos transformadores

Chega a ser inacreditável o que vou aqui contar: numa chamada de inovação recente, 20 entre 26 projetos que avaliei não corresponderam à descrição do desafio a que se propuseram solucionar. 

Inconcebivelmente, 77% das soluções propostas "não" solucionavam o problema do cliente. Das 26 soluções avaliadas, apenas 6 tinham relação com o que o cliente queria...

Pergunto-me (e pergunto a vocês) o porquê deste cenário: o que leva alguém/uma empresa a ceder ao ímpeto de tentar sem ao menos se preparar para ter uma chance de vencer? 

Seria falta de atenção? Dificuldade de compreensão? Impaciência? Imaturidade? Falta de clientes? Necessidade extrema?

Para que este cenário de dissonância e descompasso entre demanda e oferta possa deixar de existir, comecemos pelo básico. Comecemos por uma breve sugestão de hábitos (maneiras frequentes de comportamento) que levam a melhores interações entre pessoas e, consequentemente, empresas.  

Quais? Comecemos por 4 hábitos.

Acostume-se a:

  1. responder o que foi perguntado. Inove na resposta, mas mantenha o foco na demanda do cliente;
  2. descrever o que foi pedido. Novamente, inove, mas mantenha o foco no cliente;
  3. priorizar o cliente. Lembre-se que o que o cliente pergunta e pede é, para ele, mais importante do que o que você prefere responder e descrever. Mantenha o foco no cliente. Escute, entenda e atenda a necessidade do cliente;
  4. "servir" ao cliente. Quem trabalha com tecnologia trabalha no setor de Serviços. Servir significa "trabalhar em favor do outro", "encarregar-se de uma atividade" para uma outra pessoa, projeto ou empresa. Quem trabalha no setor de Serviços "serve" aos clientes no que eles querem, pedem e precisam (você aceitaria e pagaria a um restaurante que servisse na sua mesa ou entregasse na sua casa uma comida diferente da que você pediu?).

Responder o que foi perguntado, descrever o que foi pedido, priorizar e servir ao cliente são hábitos transformadores. Serão hábitos assim que evitarão desperdícios de tempo e esforço para você, sua equipe e sua empresa no atendimento diário às demandas - e editais de inovação - de clientes reais e potenciais.


Comentários