Investidores e clientes precisam de dados concretos e completos

A sala está cheia. Investidores, avaliadores, mentores estão ali para ouvi-lo, A apresentação foi preparada, ensaiada, grande é a responsabilidade de quem fala naquela hora.

Até o final da apresentação aguardo a informação-chave que vai me levar a decidir pelo sim ou pelo não. A espera é em vão. Vários dados importantes sobre o sucesso do software são mostrados, incluindo a indispensável 1- definição do problema específico e prioritário que o software ajuda a resolver e os importantíssimos 2- clientes de referência já em carteira (que impressionam pelo porte), mas a informação-chave sobre o resultado do uso do software, sobre o quanto o software tem sido capaz de gerar em diminuição de custos de ineficiência e/ou de aumento de receitas diversas, o valor do software que eu posso comparar com o custo de investir ou comprar, esta informação não foi dada.

Perguntado sobre o resultado de uso do software, o apresentador o confundiu com o índice de confiabilidade do software. 98% de confiabilidade indica que o produto é confiável, funciona muito bem. Mas o resultado do uso do software vai além. O quanto do negócio do cliente é gerado a partir do uso do seu software confiável é a máxima questão.

O produto está caro ou barato? Representa uma grande ou pequena (ou nenhuma) oportunidade? As respostas a estas perguntas são apuradas pela contabilidade mental de cada investidor, avaliador, mentor ou comprador. E todos eles precisam de dados concretos e completos para esta avaliação. Mostre-lhes o resultado do uso do seu software para o negócio deles (ou para o negócio de mercados significativos) lado a lado ao seu preço (ou proposta de investimento) e eles decidirão com maior vontade e segurança. Ganham todos: eles, você e os clientes que você tem e quer ter.



Comentários