Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2017

Liderança se conquista e se sustenta com Integridade

Imagem
E tão grande é hoje a consciência de que é preciso treinar pessoas para assumir cargos de liderança. E positiva e necessária esta consciência é. Mas pré-requisito há: para entender os liderados, para ajudá-los a ir e chegar além, todo líder deve olhar pelos olhos dos que lidera. Só assim, genuinamente, entenderá suas resistências, preocupações e objeções... antes mesmo até que elas ocorram...

Cargo nenhum pode ser maior do que a pessoa. E liderança não se restringe a cargos. Todo aquele que vê o que outros ainda não veem é/será um líder, em um ou outro momento. Se, além da visão, ele já se deu conta do impacto de suas ações nos outros e da necessidade de olhar através dos olhos dos outros, os outros dele precisarão, com ele estarão, e líder ele começará a ser.

E, no nosso caso, lembremos que quem é vendedor tem um quê e um porquê de líder. Ele vê um cenário futuro que hoje o cliente não vê. Ele traz um benefício que hoje o cliente precisa, deseja. Ele é ouvido pelo cliente. Mas... ven…

Foque no que tem. Não no que não tem.

Imagem
#oquelembrarhoje by Aísa

Foque os pontos fortes, diferenciais, recursos e oportunidades que você "tem". Trabalhe-os, alargue-os. Não se imobilize com o que não tem. Trabalhe excepcionalmente bem o que hoje tem.

Em segundos, esgotamento ou interesse do outro lado da linha

Imagem
- Gostaria de falar com o responsável pela empresa.
- Sobre qual assunto?
- ..... (nomeia o produto em 3 palavras)
- Obrigado(a), não tenho interesse.
- Ok.

Assim se esgota o interesse de quem recebeu a ligação. Perguntas inexistentes e/ou sem qualidade geram respostas sem qualidade. Ou evasivas. Ou nãos.

Assim não...

Tão melhor pode ser!

Perguntas de qualidade geram respostas de qualidade. Dar o porquê facilita a compreensão de quem ouve. E a preparação para a venda detecta e corrige a possibilidade de perda antes mesmo da sua ocorrência.

Hora de melhorar... O tempo do cliente é corrido e ele tem uma empresa a dirigir.

Basta...

Imagem
Quem não responde às mensagens que recebe
Quem não cumpre as promessas que faz
Quem fala e age com dupla intenção
Quem quer o cargo, mas não assume a responsabilidade
Quem coloca direito antes de dever
Quem não olha através dos olhos dos outros

Não pode esperar...
ter mensagens respondidas
promessas a ele feitas cumpridas
integridade
cargos
direitos
empatia

O mais curioso é que são os que não entendem completamente a importância da resposta, palavra, ação, responsabilidade, dever e empatia aqueles que mais esperam - e cobram - o que eles próprios não praticam. Ingênuos são. Embaçada a visão têm.

Esfacelado o caminho que percorrem está... e nem percebem.

Até o momento individual e sofrido do dar-se conta!

Quem menos conhece é quem mais discute

Imagem
Quanto maior o desconhecimento, maior a discussão e a argumentação. E se você já se deu conta de que o impossível se torna possível com um "por que não?", percebido já deve ter que vai ter que lidar com divergentes opiniões. Ânimo, não perca o ânimo...

Concordar / discordar leva a alguma conclusão? Motiva ou impede uma ação? Não antes de uma realização... Antes de perder ânimo ou paciência, um deve entender o nível de maturidade e velocidade - o seu próprio e o do outro - para esta realização. Uns correm, outros não.

Realizar é fazer, efetuar, colocar em prática, causar algo desejado ou antecipado acontecer. Mas realizar (como em 'to realize' em inglês) é também perceber e entender algo que pode, sim, factualmente acontecer.

Ginástica intelectual, tentativa de convencimento, ainda mais argumentação? Não, não e não... Toda controvérsia tem um custo, pagá-lo é desperdício.

Só quando um e outro se dão conta de algo como um fato possível de acontecer, por experiência pr…

O impossível se torna possível a partir de um 'por que não?'

Imagem
O que, para quem, para que? Qual é o foco do seu dia de trabalho, da sua abordagem, conversa e apresentação? Produto ou cliente? Produto ou problema / necessidade / desejo do cliente? Presentes ou futuros?

Produtos novos, de software ou não, são desenvolvidos todos os dias, em todos os cantos do mundo. Alguns terão vida longa, outros não - e estes, transitórios serão.

Enquanto isso, o mix tradicional de marketing com base no produto, preço, lugar (place) e promoção cede lugar ao mix de solução, valor, acesso e educação. Quando o cliente quer comprar, ele quer, exige, acessa, se informa, pode e vê hoje muito mais. Mais e mais rapidamente.

E quanto mais ele é "mais", mais também podemos e precisamos ser. O impossível se torna então possível a partir de uma única e libertadora questão: "por que não?". Inovações comerciais e tecnológicas nascem e pré-conceitos / preconceitos científicos e sociais morrem exatamente assim... a partir de um "por que não?"...

F…