Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2010

Grandes inovações chocam pela simplicidade

Cielo? Redecard? Paggo? Square está revolucionando o modelo de pagamento com cartão, com uma simplicidade nunca antes existente! Todos, inclusive você, poderão aceitar pagamentos com cartão, basta um iPhone, Ipad ou Android e um leitor de cartão (que eles desenvolveram e distribuem para os clientes!) colocado na entrada de áudio.

As grandes inovações tecnológicas são assim: tão simples que chocam! Quem vê pensa logo "mas é claro!".. Agora, quanto ao Square, vamos ter que esperar: por enquanto, só está disponível nos Estados Unidos..



Quando o próprio cliente já fica com vontade de comprar o que vê, fica muito mais fácil vender, não fica? Então... que inovação que "choque pela simplicidade" você / sua empresa também pode vir a desenvolver?

Sem software perfeito, não há serviço perfeito

Mais um acontecimento mostrando a essencialidade do software na vida das empresas.. Segundo a IDG, a Polícia Federal está tendo dificuldades para a emissão de novos passaportes devido a falhas técnicas em seus sistemas (veja notícia aqui). Mais uma vez, estava certo Watts Humphrey (o pai do CMM) quando disse que "agora todo negócio é um negócio de software"...

A pergunta é: o custo dessas dificuldades entra na contabilidade mental dos dirigentes/decisores quando estão comprando software?

Quanto custa para uma empresa não prover serviço perfeito? Quantos clientes ela deixará de ter, quanta receita ela perderá, quantos custos imprevistos ela terá que arcar? A Polícia Federal não tem concorrentes para a prestação dos seus serviços, então os seus "clientes" terão que absorver os problemas de atraso na emissão dos passaportes. Mas a grande maioria das empresas concorre diariamente com outras empresas para a obtenção e manutenção da sua base de clientes. Sistemas e aplic…

A isenção usa todos os holofotes

"A realidade é um imenso palco com inúmeras cenas se desenvolvendo. O propagandista escolhe uma cena que lhe interesse e joga o holofote sobre ela, deixando as outras cenas na sombra. O que o espectador está vendo é real, mas seria preciso iluminar todas as outras cenas também." - Roberto Romano

Quem conta/reconta uma história (vida real) ou estória (vida imaginada)  tem sempre o controle dos holofotes na mão e é por isso que uma mesma situação vivida por várias pessoas têem diferentes versões do que aconteceu, está acontecendo e acontecerá... A dúvida fica: afinal, o que "realmente" aconteceu? 

Não importa se a história é de sucesso ou de insucesso, o entendimento dos seus porquês é o que nos leva a evoluir, avançar. Mas essa evolução precisa de isenção na visão. E essa isenção é representada pelo desapego a uma única versão ou cena. A vida, o cotidiano, é muito mais complexo do que uma cena única se desenrolando enquanto tudo o mais está em espera. Há um dinamism…

Bem-vindo, investimento!

Deu no Reuters inglês: "Empresas internacionais de tecnologia estão investigando e selecionando possíveis alvos de investimento no Brasil". Fundos internacionais de investimento também.. A Capgemini adquiriu a CPM Braxis, a Silver Lake anunciou ontem investimento na Locaweb, o fundo inglês Apax comprou a Tivit, e podemos aguardar, sim, mais investimentos internacionais em empresas do nosso setor de tecnologia.. 

"Nós certamente estamos procurando outras oportunidades no país" e "prevemos ganhos massivos em escala" são alguns dos argumentos usados por Kyle Ryland, executivo da Silver Lake Sumeru.

A partir da fundamentação dos BRICs(Brasil, Rússia, Índia e China) por Jim O´Neill em 2003, da persistência do empresariado brasileiro e da aceleração do crescimento do país passando pela crise mundial de 2008, estamos definitivamente no radar dos investidores internacionais. Os BRICs estão se provando como os "tijolos" da nova economia mundial, com o Br…

O que não podemos perder...

Há muito o que não podemos perder. Não podemos perder...
.. a gentileza com as pessoas
.. a firmeza com os princípios
.. a honra
.. a confiança pela palavra dada
.. a seriedade no trabalho
.. a alegria pelo trabalho
.. a motivação própria
.. a perspicácia
.. a indignação pelo que há de errado
.. a correção no que há de errado

Apesar dos acasos e descasos que podem nos pegar de surpresa de tempos em tempos, somos nós os responsáveis pelo que vivemos dentro de casa, dentro das nossas empresas e dentro do nosso país. Que não percamos a oportunidade de dar bons exemplos para os que nos rodeiam e deixar bons legados para os que virão depois de nós...

Guerra e Paz

A primeira vez que ví um exemplar do livro Guerra e Paz, de Leo Tolstoy, foi na escrivaninha de leitura de minha mãe. Acho que eu tinha uns 10 anos e um livro como aquele, com mais de 1.300 páginas, título contraditório e com uma primeira publicação tão antiga (1868), certamente chamava a atenção...

Há algum tempo, comprei-o em nova tradução, e ontem terminei de lê-lo. O livro é um clássico da literatura russa e, apesar dos longos diálogos e das longas descrições do contexto onde os personagens se inserem, é uma fonte de reflexão sobre as causas e acasos das histórias de vaidades e sofrimentos de pessoas e nações.

Tolstoy usa essas histórias para refletir sobre qual é o significado e o sentimento de "glória" e se é "realmente necessário colocar milhares de vidas em risco, incluindo as dos próprios líderes, por causa da vaidade de outros"...

Guerra e Paz tem muito de estratégia militar - e de estratégia de negócios, em analogia.. Comandados que perdem batalhas por n…

Em que isso vai beneficiar o cliente?

Um parâmetro que uso para definir prioridades e tomar decisões sobre aumentar/reduzir/criar/eliminar investimentos em tempo e capital é validar a idéia com a pergunta "em que isso vai beneficiar o nosso cliente?".

Muito há por fazer para inovar e otimizar em vendas e não podemos desperdiçar tempo e dinheiro com atividades e projetos que não vão nos diferenciar da concorrência "naquilo que é importante para o cliente".

Sinalizar rapidamente ao cliente sobre qualquer imprevisto é importante para o cliente. Enviar orçamentos, propostas, posições e relatórios com todos os dados completos e duplamente checados é importante para o cliente (já ouviu falar do "double check" (cheque 2 vezes..)? É sempre fazer e checar o que fez imediatamente, antes do envio, para evitar erros e re-trabalhos na frente do cliente).

Estar sempre preparado para atender ao cliente é importante para o cliente. Preparar e fazer uma apresentação excelente é importante para o cliente. Fala…