Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2020

Ao vendedor caberá a execução da estratégia, à empresa caberá consistência nas decisões

Imagem
O óbvio: Empresas contratam vendedores para vender. O não tão óbvio: Empresas têm que estar preparadas para vender. Preparar a empresa para a venda é tão importante quanto selecionar, capacitar, qualificar, acompanhar e dirigir equipes comerciais. Preparar a empresa, preparar os sócios e altos executivos que tutelam e decidem pela empresa, é ajudá-los a definir a estratégia de vendas da empresa, um plano de ação e execução para atingir um ou mais resultados. Mas não só. Na prática, no dia a dia, preparar a empresa é ajudá-los a reconhecer que a "estratégia é um padrão num fluxo de decisões", exatamente como nos ensinou o querido professor Henry Mintzberg. Ao vendedor caberá a execução da estratégia, à empresa caberá consistência nas decisões. E ambos poderão se beneficiar com esta percepção e padrão. E se vamos falar de percepção e padrão, o conhecimento do cliente, do público-alvo, do mercado que a empresa e os vendedores atendem e deveriam entender tem se revelado um

O negócio rege a transformação digital

Imagem
"Transformação digital sem sentido para o negócio não faz sentido." Uma equipe dedicada, apoiada por uma alta diretoria comprometida, deve ser responsável pelos esforços da transformação digital em cada empresa ou filial. Criar o interesse pela competição externa e interna acelera o programa e atrai fornecedores, parceiros e clientes. Novas oportunidades de negócios surgem. Estes são os 3 ingredientes-chave discutidos no excelente artigo " The 3 Key Ingredients for the Digital Transformation of Manufacturing ", escrito por Peter Herweck e Francisco Betti e publicado ontem na agenda de Davos 2020  pelo  Encontro Anual do Fórum Econômico Mundial .  Mais fácil de entender agora, sim? No caso da transformação digital, o que vale para a manufatura no artigo vale para qualquer setor econômico. Não são poucos os casos, no entanto, em que empresas colocam a tecnologia em si como centro e único ingrediente-chave da transformação digital. Com atraso perceberão o er

Making off de entrevista para o InovAtiva, o mais premiado programa de aceleração de startups do país

Imagem
O e-mail de Priscila Zucas chegou no dia 7 de janeiro, respondi no dia 9 e a matéria foi publicada no dia 13 no blog do InovAtiva . Velocidade! A entrevista completa com perguntas e respostas pode ser vista a seguir: Priscila:  Como gostaria de ser identificada na matéria?  Aísa:  Aísa Pereira  , c riadora da metodologia da   Engenharia de Vendas   para Empresas de Software. Priscila:  Qual é o seu papel no InovAtiva Brasil ? Aísa:  Atuo como mentora de startups e avaliadora de negócios em bancas temáticas de DemoDays. Priscila:  O que você acha do InovAtiva Brasil? Como você acha que o programa contribui para o ecossistema brasileiro de empreendedorismo? Aísa:  Sou factual, observo e trabalho com fatos. O InovAtiva é o mais premiado programa de aceleração de startups do país: Inovação em Gestão Pública (ENAP, 2015), Melhor Aceleradora Startup Awards (ABStartups, 2016), Benchmarking de Política Pública (OECD, 2017), Top #1 Ranking Ecosystem (100 Open Start